ponto-cego-do-retrovisor

Ponto cego do retrovisor: um guia para dirigir com segurança

Na hora de dirigir, o chamado ponto cego pode atrapalhar bastante o motorista e, em alguns casos, até causar acidentes. A falta de visibilidade de partes do entorno do carro prejudica o condutor durante manobras, como mudança de faixa. Alguns automóveis já possuem hoje em dia recursos avançados, como sensor de estacionamento e de aproximação, além de câmeras, para ajudar o motorista. Porém, o recurso mais comum para evitar o ponto cego ainda é o retrovisor. Veja, a seguir, algumas dicas para ajustar esse item e garantir maior segurança quando for pegar a estrada.

Comece com a regulagem do retrovisor interno 

Para evitar o ponto cego na direção, antes de ligar o carro, ajuste os retrovisores do veículo. Em primeiro lugar, regule o banco de modo a conseguir tocar os pedais com tranquilidade, sem ser apenas com as pontas dos pés, e fazer com que os punhos alcancem a borda superior do volante. Depois desse ajuste, fique na posição de dirigir para regular o espelho interno.

Faça com que o retrovisor central mostre toda a área visível pelo vidro traseiro do veículo. Como alguns carros têm a parte traseira mais alta, conforme a situação, é importante checar se não há crianças ou objetos atrás do carro, antes de dar a partida para sair.

Ajuste os retrovisores laterais para evitar o ponto cego

As colunas na cabine de direção e perto do compartimento de bagagens prejudicam a visão do motorista. Para evitar o ponto cego e visualizar uma maior área em volta do veículo, o condutor precisa utilizar os retrovisores laterais. Na hora de regular o espelho do lado esquerdo, ou seja, aquele mais perto do volante, busque fazer com que ele mostre praticamente somente a via e não a lataria do veículo.

Dessa forma, você ganha mais visibilidade e diminui o ponto cego. Em relação ao ajuste do espelho retrovisor do lado do passageiro, você até pode visualizar parte da lateral do carro, afinal, essa regulagem facilita na hora de se estacionar, já que evita que o carro suba sobre a calçada.

Tenha cuidado na mudança de faixa

A mudança de faixa é uma ocasião em que o motorista deve ter atenção redobrada para evitar o ponto cego. Quando fizer essa manobra, sinalize a sua intenção com antecedência para prevenir colisões.

Fique atento às motos

Em vias de centros urbanos, é comum haver o chamado corredor de motos, em que os motociclistas trafegam entre os veículos. Devido ao ponto cego, muitos acidentes ocorrem na hora em que os motoristas de carros vão trocar de faixa. Para não correr esse risco, sinalize e olhe pelo retrovisor antes de mudar de pista.

Evite dirigir do lado direito de veículos grandes

Por serem maiores, é comum haver ponto cego em caminhões e ônibus. Como o motorista desses veículos ficam em uma posição mais alta em relação à pista, pode ocorrer de eles não verem os carros que trafegam ao lado direito deles. Por isso, de preferência, evite dirigir por esse lado, pois o motorista do caminhão ou do ônibus pode querer trocar de pista e não ver o seu carro.

Veja e seja visto

Uma dica essencial em relação a ponto cego e a uso correto de retrovisores é ver e ser visto. Afinal, se você consegue visualizar o motorista que vem atrás, é sinal de que ele também enxerga você. Alguns veículos até trazem um adesivo com a seguinte frase: “se você não vir meu retrovisor, eu não vejo você”.

Procure ter reações rápidas e precisas

Além de evitar o ponto cego, o uso dos retrovisores torna a direção mais ágil. Por exemplo, pelo espelho interno o motorista pode ver que vem um carro atrás em alta velocidade e, assim, dar passagem. Seja qual for a situação no trânsito, aprenda a usar os retrovisores com rapidez, para não ficar muitos segundos sem olhar para a dianteira e, assim, evitar acidentes.

Você se preocupa em prevenir o ponto cego na hora de dirigir? O que faz para aumentar a visibilidade? Deixe seu comentário aqui no blog. Participe!

Aluguel de carros Brasil

1 responder

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar seu comentário?
Sinta-se à vontade para comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>